Americana registra 2º caso de raiva em morcego

0
64

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Americana confirmou nesta terça-feira um caso de morcego contaminado pelo vírus da raiva, no bairro Jardim Nossa Senhora do Carmo.

Trata-se de um exemplar da família Molossidae, que se alimenta de insetos.

O animal foi encontrado, por moradores, caído na área comum de um condomínio residencial do bairro.

Ele foi recolhido ainda vivo por uma equipe do CCZ e encaminhado ao Instituto Pasteur, em São Paulo, para análise e diagnóstico.

Este é o segundo morcego encontrado contaminado no município este ano.

O primeiro caso foi detectado no bairro Antônio Zanaga, no mês de junho.

Antes desses dois, o último animal encontrado com a doença havia sido notificado em 2003.

Diante deste caso, o CCZ iniciará uma ação educativa na região do bairro Nossa Senhora do Carmo e imediações.

Serão distribuídos materiais educativos nas residências, além de um levantamento da cobertura vacinal contra a raiva em cães e gatos residentes próximos ao endereço onde o animal foi localizado.

O CCZ esclarece que é fundamental que os proprietários de cães e gatos do Jardim Nossa Senhora do Carmo, além de bairros adjacentes, como Cariobinha, São Manoel e São Vito, mantenham seus animais com a vacinação em dia.

Considera-se com a vacinação atualizada o animal que recebeu a vacina há menos de um ano.

“Todo animal acima de três meses tem de tomar a vacina contra a raiva uma vez por ano; se ela estiver atrasada (a vacina), o proprietário deve procurar o CCZ, um posto de vacinação da campanha ou mesmo um veterinário particular”, explicou a médica veterinária e responsável técnica pelo setor, Aneli Marques Neves Conceição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome