Aumento no número de gatos em casa estimula mercado pet

0
42

O mercado pet é um dos que mais cresce no Brasil. De acordo como dados da Abinpet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação – o mercado pet brasileiro é o terceiro maior do mundo, e representou a fatia de 5,1% no faturamento mundial de US$119,5 bilhões em 2017, ficando atrás apenas dos EUA e do Reino Unido.

Grande parte deste crescimento está relacionado ao aumento da população de animais de estimação nos lares brasileiros, sobretudo de gatos. Segundo dados do IBGE, já existem mais de 22 milhões de gatos no Brasil e a expectativa é ultrapassar 30 milhões até 2022.

O aumento da população de bichanos somado à mudança de comportamento dos tutores de gatos, que cada vez mais consideram o animal como um membro da família, tem sido um importante combustível para o desenvolvimento de pesquisas, produtos e serviços destinados a felinos.

Para ter ideia, de acordo com o estudo realizado pela CVA Solutions, tutores de gatos gastam cerca de R$200,00 mensais com seu bichano. Neste valor estão inclusas despesas com alimentação, produtos de higiene, veterinário e medicamentos preventivos como antipulgas, vermífugos e vacinas.

De olho neste mercado promissor, laboratórios de saúde pet vem investindo em produtos específicos para felinos. A MSD Saúde Animal, desenvolvedora do Antipulgas e Carrapatos Bravecto, um dos antiparasitários orais para cães mais vendidos no Brasil, lançou no início do mês a versão Bravecto para gatos que faz parte da linha Bravecto Transdermal.

A linha Transdermal possui apresentação em pipeta e versões tanto para gatos quanto para cães, atendendo uma demanda antiga de tutores, visto que aproximadamente 15% dos clientes da marca afirmaram ter preferência pelo uso do medicamento em pipetas.

E não são apenas os laboratórios que se beneficiam do aumento de gatos nos lares dos brasileiros. Tanto afeto pelos bichanos faz crescer a preocupação com a sua saúde e bem-estar e consequentemente os gastos com estes pets. Ainda de acordo com o estudo realizado pela CVA Solutions, 8,7% das pessoas contrataram um plano de saúde para seus pets em 2018.

Quando o assunto é alimentação, existe uma tendência de crescimento no uso de rações úmidas, geralmente mais caras, mas mais apreciadas pelos gatos, o que só reforça a preocupação dos tutores em agradar seus felinos. Segundo dados do SPC Brasil e da CNDL, as rações úmidas apresentaram um crescimento de 12,5% e os snacks, um aumento de 8,1% no último ano.

O mesmo acontece com produtos que vão além do básico, como acessórios e itens de enriquecimento ambiental, como camas, tocas, fontes, comedouros ergonômicos especialmente projetados para gatos e brinquedos à base de catnip. Ainda segundo a pesquisa citada acima, 33% dos tutores compram esses tipos de mimos para o seu pet.

Este aquecimento do mercado voltado para gatos movimenta também os pet shops. Tanto que a Pet Luni, e-commerce inicialmente especializado na venda de produtos para cães, resolveu apostar também nos felinos. “Há cerca de um ano, percebemos uma tendência de aumento do número de gatos nos lares brasileiros. Muitos de nossos clientes que tinham cães, possuíam também um ou mais gatos. Esta percepção nos incentivou a ampliar o nosso mix de produtos buscando atender também os tutores de gatos. Foi, sem dúvidas, uma decisão acertada.”

Website: https://www.petluni.com.br/

As informações são de responsabilidade da Dino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome