BRT: começam obras de fundações dos viadutos da futura Estação Rodoviária

0
12

A implantação dos corredores BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) em Campinas tem mais um importante passo.

Começaram as obras das fundações dos viadutos na região que irá receber a futura Estação de Transferência Rodoviária.

A Estação Rodoviária compõe o Corredor BRT Campo Grande.








No total serão cinco viadutos, que farão parte do novo complexo viário.

Os viadutos irão permitir o acesso dos ônibus vindos do Terminal Mercado até a Estação Rodoviária; e, também, o acesso da Rua Marques de Três Rios até a Avenida Governador Pedro de Toledo e ao Terminal Rodoviário “Ramos de Azevedo”.

“Nossas obras estão indo de vento em popa, dentro do cronograma estabelecido”, afirma o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro. “É a principal obra na área de Mobilidade Urbana que Campinas recebe nos últimos 40 anos”, destaca.

As obras estão inseridas dentro do Lote 1 do BRT. Este lote compreende o trecho 1 do Corredor Campo Grande, que é a ligação entre a região central até a Vila Aurocan, com extensão de 4,3 km; além de todo corredor perimetral, com 4,1 km.

O responsável pelo Lote 1 é o Consórcio Corredor BRT Campinas, formado pela Arvek, D. P. Barros, Trail, Enpavi e Pentágono.

O valor total do lote é de R$ 88,9 milhões.