Cinema | Curta metragem gravado inteiramente com um iPhone ganha prêmio em Londres

A vencedora Charlotte Turner

Um curta gravado inteiramente com um iPhone, batizado de Bridgit, rendeu o primeiro lugar no concurso Turner 2018 à Charlotte Prodger, que levou para casa 25 mil libras. O prêmio foi entregue pela escritora Chimamanda Ngozi Adichie em uma cerimônia realizada na terça-feira (4) em Londres.

A artista residente de Glasgow trabalha com a produção de vídeos há 20 anos e, após receber o prêmio, contou que decidiu utilizar um iPhone em sua criação porque estava sozinha e considerava o aparelho sua extensão. “Por causa da facilidade e da maneira com que você pode usar (o smartphone) enquanto está andando pelo mundo. Para mim, tudo está lá”, conta Prodger.

O trabalho, que conta com 32 minutos de duração, foi filmado ao longo de um ano, registrando imagens na casa da diretora e em viagens. A narração conta com trechos da biografia da cineasta desde quando ela saiu da cidade de Aberdeenshire, no início dos anos 90, até momentos em que as pessoas sentiam dificuldades de dizer se ela era menino ou menina, ou ainda perguntando se sua namorada era sua filha.

Confira o trailer do filme aqui:

As informações são do CanalTech.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome