Emdec pede que parklet do Cambuí seja demolido para instalação de parquímetros digitais

0
116

O secretário de transportes de Campinas, Carlos José Barreiro, informou na última quinta-feira, dia 04/04, que o parklet instalado na Rua Coronel Quirino no bairro Cambuí deverá ser demolido. O local é alvo de polêmica há três anos, desde quando foi instalado à revelia da prefeitura por um bar que está instalado por ali. Depois de muitas determinações, brigas e confusões, a prefeitura decidiu regularizar a situação do parklet, porém com a instalação do novo sistema de estacionamento rotativo, o espaço deverá ser retirado.

A polêmica começou porque o parklet, que é nada mais que uma extensão da calçada que avança pela rua, foi construído com objetivo particular, ou seja, de atender apenas os usuários do bar que fica na frente. Para quem mora no bairro e para a prefeitura, os parklets devem ser públicos e usados por todos.

Várias cidades do mundo já contam com esse tipo de espaço público, porém em Campinas nenhum mais foi construído depois desse que agora deverá ser definitivamente removido. A prefeitura vai instalar em breve um novo sistema de estacionamento rotativo com parquímetros digitais, e por isso a via deverá estar totalmente livre para que os carros possam estacionar quando quiserem.

A vistoria e a liberação do parklet é feita pela Setec, e a Emdec já emitiu um ofício informando a necessidade da remoção do espaço. O novo sistema de estacionamento rotativo, também conhecido como Zona Azul, está em fase de licitação e a Rua Coronel Quirino foi contemplada no plano de ampliação de vagas. O número vai passar de menos de 2000 para mais de 8000 em toda a cidade.

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome