Finalmente! Ponte da Estrada da Rhodia será reconstruída

0
10
Foto: César Rodrigues / AAN

Com informações do Correio Popular
A Prefeitura de Paulínia conseguiu a Licença Ambiental Prévia da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo para a construção da Ponte da Rhodia, que atravessa o Rio Anhumas, ligando os municípios de Campinas e Paulínia.

A travessia foi interditada em novembro de 2014 por técnicos da Prefeitura de Campinas e da Defesa Civil, que apontaram os problemas estruturais.

O custo previsto da obra é de cerca de R$ 7 milhões.





Foto: César Rodrigues / AAN



A construção da nova ponte dependia da licença e de um convênio entre os dois municípios, já que a ponte fica no limite das duas cidades.

Na sexta-feira, o Diário Oficial de Campinas trouxe a autorização para celebração de Termo de Cooperação com Paulínia para demolição, reconstrução e ampliação da Ponte.

Nesta semana, o prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, autoriza a abertura do processo licitatório para a contratação de empresa responsável pela obra.

A licença prévia da Cetesb atesta a viabilidade ambiental, mas não autoriza a implantação, que depende ainda de uma licença de instalação.

A falta do documento não impede o município a iniciar o processo licitatório.

Outro passo para solucionar definitivamente o problema é a assinatura do termo de cooperação técnica que especifica quais as obrigações de cada um dos municípios no que diz respeito à execução das obras de demolição, reconstrução e ampliação da ponte.

As secretarias do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Serviços Públicos de Campinas ficam responsáveis pelo acompanhamento da execução.

Já no próximo dia 19, o prefeito Dixon vai assinar em cerimônia na própria estrada da Rhodia a requisição de compra que autoriza a abertura do processo licitatório para a contratação de empresa responsável pela construção da ponte.

Segundo o prefeito de Paulínia, a licença ambiental era o principal entrave para o andamento do processo.