Guarani e Ponte Preta não vão fazer treinos abertos por determinação da PM

0
110

Com informações do GloboEsporte Campinas
A disputa de bastidor entre Guarani e Ponte Preta antes do dérbi acabou sem nenhum vencedor.

Por determinação da Polícia Militar e do Ministério Público, os dois clubes cancelaram os treinos abertos que aconteceriam na sexta-feira, no Moisés Lucarelli, às 17h, e no Brinco de Ouro, às 18h.








O primeiro comunicado foi divulgado pelo Bugre que fala em “comum acordo” entre os dirigentes e a polícia.

Na verdade, foi uma determinação das autoridades, diante do receio de atos violentos entre as torcidas, por causa da proximidade dos dois estádios e do ambiente dos últimos dias.

Antes da intervenção da polícia e do MP, a Ponte procurou o Guarani para sugerir uma adaptação: haveria treino aberto na Macaca antes do primeiro dérbi, disputado no Brinco, e outro aberto em agosto, antes do clássico do Majestoso.

Não houve consenso entre os clubes.