Idosos compraram mais celulares do que jovens na Black Friday de 2018

0
35

Devido à queda na taxa de natalidade e ao aumento da expectativa de vida, a porcentagem de idosos seguirá crescendo ininterruptamente nas próximas décadas.  Concomitantemente, e ao contrário do que sempre se pensou em relação à população sênior, muitas dessas pessoas são, ou estão se tornando, ativas, produtivas e, principalmente, conectadas.

No Brasil, o envelhecimento populacional, principalmente após o desenvolvimento de novas ferramentas da medicina, tem acontecido de maneira acelerada. De acordo com o Ipea, em uma década a população brasileira com mais de 60 anos será maior do que de crianças com 10 anos ou menos.

Impacto na venda de celulares

De acordo com o Survey Black Friday, realizado pelo Google, na Black Friday de 2018, pessoas com 55 anos ou mais compraram 1,4 vezes mais celulares do que a faixa etária da população que se estende dos 18 aos 54 anos.

Por outro lado, ainda hoje, a maior parte das empresas (7 a cada 10) acredita que essa grande fatia de população idosa não consegue acompanhar as transformações tecnológicas. Mesmo assim, o IBGE mostrou que ¼ dos brasileiros acima dos 60 anos estão, sim, se conectando à internet e às redes sociais.

Isso mostra que essa fatia da população, que um dia se tornará maioria perante outras faixas etárias, conta com hábitos de consumo, interesses e curiosidades que ultrapassam estereótipos e preconceitos que até hoje estão associados à imagem do idoso. Graças ao aumento da expectativa de vida, hoje, o cidadão sênior se vê mais saudável, ativo e, como consequência, consome mais produtos e serviços, e quer se manter conectado com o resto do mundo.

Poder de compra que não deve ser ignorado

Ainda que os consumidores mais velhos sintam a negligência por parte das empresas, contam com um poder de aquisição que tende a ser maior que o dos consumidores mais jovens. De acordo com informações de uma pesquisa feita pelo International Longevity Centre, os cidadãos com mais de 50 anos do Reino Unido movimentam cerca de 314 bilhões de libras todos os anos, o que seria o equivalente a 43% do total de gastos domésticos com consumo de itens.

Por outro lado, a mesma pesquisa mostrou que a maioria (85%) das pessoas com mais de 55 anos acredita que, ainda hoje, as marcas não compreendem suas necessidades na hora de oferecer um produto.

Trata-se de uma oportunidade imperdível para as marcas, que devem investir em reajustes visando ganhar a simpatia desse grupo demográfico, removendo barreiras comunicativas e melhorando o atendimento ao cliente idoso.

A população idosa, além de ser a que mais cresce, também está mais diversificada e conectada. E o fato de que o mundo está vivendo mais e envelhecendo não é uma projeção futura, é o presente. Visto que a fatia de pessoas mais velhas continuará crescendo, é papel das organizações prover maior integração dessas pessoas, criando meios de dialogar, construir pontes, e entregar o que elas desejam e necessitam.

Saiba tudo sobre consultoria de marketing digital para pequenas empresas

Todas as empresas devem se renovar constantemente para manter uma boa relação com o mercado e seu público-alvo. Nesse quesito, a consultoria de marketing digital para pequenas empresas surge como uma ferramenta preciosa a auxiliar no processo de tomada de decisões e investimentos.

Navegue pelo site para conhecer a Consultoria Digital, agência de marketing digital que pode te ajudar a promover seu empreendimento e a obter o sucesso profissional que você almeja.

Website: https://www.consultoriadigital.com.br/

As informações são de responsabilidade da Dino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome