Jovem que estava na mesma festa rave em que rapaz morreu, está internado em estado grave

0
1170
Foto: Reprodução de TV

Um jovem de 21 anos está internado após ter passado mal durante uma festa rave em Andradas (MG) no último fim de semana. O evento é o mesmo no qual o estudante Cézar Henrique Hertz, de 20 anos, se sentiu mal e acabou por morrer após ser socorrido e dar entrada na Santa Casa da cidade.

De acordo com a Santa Casa de Poços de Caldas, o estado de saúde do rapaz internado é grave. Ele chegou ao local após ser socorrido e transferido da Santa Casa de Andradas. O jovem é do interior paulista, da cidade de Mauá (SP).

Morte durante festa

César Hertz estava na festa no Clube Rio Branco desde sábado e passou mal na tarde de domingo. Ele foi socorrido com uma parada cardiorrespiratória, mas não resistiu e morreu no hospital da cidade.

Ele foi socorrido pela organização do evento e estava sem documentos, mas foi identificado por um amigo. O jovem morava em Limeira, mas era de Artur Nogueira, também no interior Paulista, onde foi enterrado na tarde desta segunda-feira.

Uma tia do rapaz, Noeli Hertz, disse ainda que o jovem não fumava, consumia bebidas alcoólicas ou usava substâncias ilícitas. Os médicos informaram à família que o jovem teria morrido de um infarto fulminante, segundo a tia.

A polícia abriu um inquérito para investigar o caso. O laudo da morte do rapaz deve ficar pronto em até 30 dias.

O que diz o clube

Em nota, o clube Rio Branco lamentou a morte e ressaltou que não é organizado, mas apenas aluga o espaço. Disse ainda que a empresa que organizou a festa “cumpriu os decretos e normas federais, estaduais e municipais”. Por fim, afirmou que está à disposição dos órgãos competentes para prestar esclarecimentos.

O que diz a organização da festa

Também por meio de nota enviada à EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, a organização do evento, chamado de Aslam, disse não poupar despesas para a segurança dos clientes e chamou o ocorrido de “fatalidade”. A empresa disse ainda que está à disposição de familiares e amigos para “qualquer apoio” que puderem prestar.

Leia a nota na íntegra:

Nós da família ASLAM vimos a público prestar nosso apoio a familiares e amigos do jovem C.H.H., que veio a ser acometido de um mal súbito durante nosso evento neste final de semana.

Esclarecemos que em nossos eventos não são poupadas despesas para segurança de nossos clientes, os quais para nós são considerados mais que amigos.

Contamos com equipe de socorristas profissionais, devidamente treinados e registrados em órgãos de classe, ambulância UTI, médico e todo o aparato necessário para o melhor atendimento possível.

Tudo é feito e pensado para que o evento traga alegria a todos, nunca para trazer tristeza ou perturbação, incluindo arrecadação de alimentos para entidades assistenciais.

Porém sempre estamos suscetíveis ao acontecimento de alguma fatalidade mesmo com todos os recursos em mãos.

Nos encontramos enlutados e nos compadecemos da perda de um amigo, nos colocando à disposição de familiares e amigos para qualquer apoio que pudermos prestar.

Para demonstrar nosso luto e respeito a todos, não serão postadas nenhuma foto ou filmagem do evento nos próximos 30 dias e pedimos aos amigos para que orem conosco por Paz, Sabedoria e muita Luz principalmente à família do nosso amigo.

Informamos que estamos prestando todo auxílio necessário às investigações do caso.

As informações são do G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome