Leitores do ODC escolhem a linha 316 como a que tem a frota mais antiga de Campinas

0
385

Na maior votação já registrada entre as pesquisas realizadas pelo ODC nas últimas semanas, a linha 316 – San Martin via CDHU Amarais X Circular Corredor Central foi escolhida como a que tem os ônibus mais antigos em operação. Em segundo lugar ficou a linha 115 – Adhemar de Barros X Terminal Central, que já tinha ganho como a linha com mais problemas em outra pesquisa. A terceira linha escolhida como as que tem os veículos mais antigos foi a 223 – Cidade Satélite Íris 3 X Terminal Central.

A frota de ônibus urbanos de Campinas já é alvo de reclamação há muito tempo, desde que as empresas pararam de renovar os veículos após a impugnação do processo licitatório de 2005 por irregularidades encontradas pelo Tribunal de Contas do Estado. Há três anos a EMDEC está enrolando com o processo para licitar o sistema, o que trava a compra de novos ônibus. Sem saber se continuarão operando, as atuais empresas não conseguem fazer renovações maciças de suas frotas, como aconteceu até o ano de 2015. Desde então, apenas renovações pontuais estão sendo feitas com o objetivo de substituir veículos que não têm mais condições de operar.

A licitação travada pela EMDEC deve continuar enrolada por tempo indeterminado. No final do ano passado o secretário de transportes, Carlos José Barreiro, tinha dito que o processo estaria pronto ainda neste primeiro semestre de 2019, porém até o momento sequer foi publicado o edital. Para piorar a situação, pessoas sem as devidas qualificações estão “trabalhando” há anos na elaboração do texto que deverá impactar a vida de milhares de pessoas que precisam do transporte coletivo urbano diariamente. Enquanto isso, a população sofre com um serviço de menor qualidade.

Foram citadas linhas municipais e intermunicipais da região, porém a votação não representou nem 0,1%, por isso esses votos não foram contabilizados. Também não foram somados os votos referentes à reclamações do serviço, já que o objetivo desta pesquisa era verificar qual linha tem o maior número de reclamações por motivo de precariedade de frota.

Confiram a classificação final:

316 – 9,65%
115 – 6,85%
223 – 5,25%
317 – 4,27%
312 – 3,79%
117 – 2,44%
313 – 2,44%
191 – 2,32%
213 – 2,08%
194 – 1,95%
134 – 1,72%
231 – 1,72%
224 – 1,72%
310 – 1,72%
240 – 1,72%
350 – 1,72%
154 – 1,60%
125 – 1,48%
171 – 1,35%
192 – 1,35%
135 – 1,22%
153 – 1,22%
322 – 1,22%
212 – 1,22%
114 – 1,10%
197 – 1,10%
131 – 1,10%
222 – 1,10%
366 – 1,10%
369 – 1,10%
TODAS – 1,10%
116 – 0,98%
239 – 0,98%
241 – 0,98%
229 – 0,98%
348 – 0,98%
190 – 0,85%
250 – 0,85%
321 – 0,85%
410 – 0,85%
333 – 0,85%
345 – 0,85%
346 – 0,85%
195 – 0,73%
249 – 0,73%
352 – 0,73%
121 – 0,61%
244 – 0,61%
253 – 0,61%
161 – 0,61%
221 – 0,61%
354 – 0,61%
390 – 0,61%
368 – 0,61%
266 – 0,61%
371 – 0,61%
377 – 0,61%
130 – 0,49%
323 – 0,49%
353 – 0,49%
328 – 0,49%
381 – 0,49%
416 – 0,49%
359 – 0,49%
211 – 0,37%
332 – 0,37%
273 – 0,37%
319 – 0,37%
351 – 0,37%
120 – 0,25%
162 – 0,25%
164 – 0,25%
140 – 0,25%
187 – 0,25%
188 – 0,25%
193 – 0,25%
203 – 0,25%
210 – 0,25%
214 – 0,25%
230 – 0,25%
260 – 0,25%
261 – 0,25%
308 – 0,25%
330 – 0,25%
341 – 0,25%
342 – 0,25%
344 – 0,25%
349 – 0,25%
378 – 0,25%
413 – 0,25%

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome