Michel Temer sai da tumba e quer exército para tirar caminhoneiros das estradas federais

0
32

Com informações da Agência Brasil
O governo federal autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias bloqueadas pelos caminhoneiros caso as estradas não sejam liberadas pelo movimento.

Na quinta-feira, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Eduardo Guardia (Fazenda) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) anunciaram acordo para suspensão dos protestos da categoria por 15 dias. Depois disso, as partes voltarão a se reunir.








No entanto, a Polícia Rodoviária Federal informou que ainda não registrou, durante toda a sexta-feira, desmobilização de pontos de manifestação de caminhoneiros nas rodovias do país.

Em um pronunciamento no começo da tarde, Temer disse que uma “minoria radical” está impedindo que muitos caminhoneiros cumpram o acordo e voltem a transportar mercadorias.

O ministro Eliseu Padilha disse, também nesta sexta-feira, que o governo confia no cumprimento do acordo firmado ontem com as lideranças do movimento.