ODC no Enem 2018 | Confiram dicas importantes para não zerar na prova

• Com informações do Jornal Extra.

 







Um dos piores pesadelos de quem faz o Exame Nacional do Ensino Médio é zerar a redação e perder a chance de concorrer a uma vaga na universidade. Para evitar que isso aconteça, a professora de redação Gabriella Jardim, do Colégio Pensi, deu algumas dicas valiosas ao EXTRA. Segundo ela, ter um bom entendimento textual é a melhor oportunidade para que o aluno se destaque no Enem. É importante, ainda, elaborar raciocínios e argumentos em defesa de um posicionamento.

— Para ter uma boa pontuação, o aluno precisa escrever um texto subdividido em cinco competências, nas quais se pautam os critérios de correção da prova – explica.

Ou seja, o candidato deve produzir um texto dissertativo-argumentativo em prosa; usar a norma culta da língua portuguesa; desenvolver – de forma clara, coesa e coerente – argumentos em defesa de sua tese; articular informações pertinentes de áreas diversificadas do conhecimento; e elaborar proposta de intervenção para os problemas apresentados.

Para Gabriella, entre os muitos erros que podem atrapalhar a redação do candidato um dos mais comuns e que pode levar ao zero é a não interpretação correta do tema:

— Muitos concorrentes, por não entenderem com eficiência a proposta, constroem um texto expositivo, ou até que foge ao tema, sendo esta a causa de muitas redações zeradas nas últimas edições do concurso.

De acordo com a professora, é necessário que o aluno busque informações verdadeiras na hora de estudar, uma vez que existe muito desconto nas notas pelo uso de informações duvidosas, as chamadas “fake news”:

— É muito importante que o candidato esteja sempre atento na hora de pesquisar o que colocar no texto, ainda mais se o veículo usado for a internet, buscando sempre fontes confiáveis e, se possível, comparando as informações coletadas com mais de uma fonte, objetivando checar a autenticidade dos dados selecionados.