Pão de Açúcar lança cerveja em parceria com Wäls para celebrar os 59 anos

0
105

Qual o melhor jeito de comemorar um aniversário?

Com uma grande festa.

E toda comemoração merece uma bebida diferenciada para o brinde.

Tendo isso em mente, Pão de Açúcar lança cerveja em parceria com Wäls para celebrar seus 59 anos de história.

O lançamento, elaborado pela cervejaria, é do estilo Session IPA – tipo agradável e fácil de consumir – perfeito para degustar em festas e comemorações, como o aniversário da rede.

Nomeado de 59, o rótulo representa bem o estilo Session IPA, cujas principais características estão no aroma de frutas cítricas, proveniente dos lúpulos Amarillo e Galaxy.

Além disso, a cerveja com teor alcoólico de 4,5%, é refrescante e equilibrada, prometendo agradar o paladar tanto dos apreciadores quanto dos iniciantes do universo cervejeiro.

A 59 tem edição limitada e está à venda exclusivamente em toda a rede do Pão de Açúcar do Brasil ao preço de R$ 14,90 – incluindo o e-commerce (www.paodeacucar.com.br) e o Minuto Pão de Açúcar.

“Trata-se de uma cerveja de coloração dourada, com aroma de frutas, como maracujá e pêssego, em função dos lúpulos aromáticos utilizados em seu dry hopping. Seu amargor é médio e equilibrado com o corpo leve, finalizando com um final seco e refrescante”, afirmou a sommelière de cervejas e especialista do Pão de Açúcar, Kathia Zanatta.

O Pão de Açúcar foi uma das primeiras grandes lojas de varejo a abrir espaço para a venda de cervejas especiais no Brasil, valorizando os diversos sabores e escolas cervejeiras do Brasil e do mundo.

A 59 reafirma este compromisso e reforça a parceria com a Wäls, que chegou a homenagear a rede de supermercados também no ano passado, nos 58 anos da marca, quando lançou um rótulo especial do tipo pilsen.

“Quisemos fazer uma cerveja com a cara do Pão de Açúcar. Então, nada melhor do que encontrar um estilo que trouxesse leveza, mas que fosse marcante. Uma Session IPA traz as mesmas características de uma IPA, mas com menor amargor, caindo no gosto de todos os apreciadores”, avaliou Roberto Leão, mestre-cervejeiro de Wäls.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome