Pet | Estudo conclui que a personalidade de um cachorro varia de acordo com a sua raça

0
122

O pastor alemão, para proteger seus donos, é capaz de dar sua própria vida, enquanto que o Border Collie é um tradicional workaholic. De acordo com uma pesquisa liderada por Evan MacLean, psicólogo da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, foi analisado o comportamento de 14 mil cães de 101 raças.

Os dados foram do Canie Behavioral Assesment & Research Questionnaire (C-BARQ). Trata-se de um teste de personalidade de animais de estimação criado por James Serpell, pesquisador da Universidade da Pensilvânia. Segundo as informações, o C-BARQ pergunta, por exemplo, o que seu cachorro faz quando uma pessoa estranha chega à porta.

Os donos dos pets assinalam 14 pontos de vista da personalidade de seus animais com clareza, além de incluir a tendência de adestramento e aptidão à agressividade. Mais de 50 mil pessoas responderam o questionário desde o desenvolvimento da pesquisa, no ano de 2003.

Saiba como é a personalidade do cachorro

De acordo com os estudos, 50% da personalidade do cachorro está relacionada à genética, o que significa que ele herda da sua própria raça e linhagem. Já os outros 50% seriam desenvolvidos através da vivência com seus donos. Ambiente, cultura e educação são fatores que podem influenciar nas experiências vividas por esses animais.

A escolha da raça do cachorro é muito importante na hora de escolher o animal. O ideal é buscar por um cão que possa atender às expectativas em relação ao que ele possa oferecer e, por outro lado, receber do seu dono, pois é preciso entender que existe uma troca de ambos lados.

De acordo com os dados da pesquisa, cães de porte pequeno se adaptam mais em espaços reduzidos, como os de raças menores como Pinscher, Chihuahua, Caniche, Dachshund ou Yorkshire.

No caso de a pessoa ter mais espaço, ela poderá escolher cachorros de porte maior e mais ativos, desde que o animal tenha o temperamento equilibrado. O dono pode optar por uma dessas raças: Golden Retriever, Papilon, Labrador ou Cocker, para quem tem espaço, é uma ótima opção.

Como moldar a personalidade do cachorro?

Nesse caso, o ideal é buscar socializar o seu animal enquanto filhote, dessa forma, é possível fazer com que ele atenda aos estímulos externos. Mas, também, não quer dizer que um cão adulto não possa ser socializado. Basta deixá-lo em contato com outros cachorros que sua personalidade poderá ser moldada.

Por parte do dono, é essencial demonstrar ao animal as atitudes positivas e negativas. Sendo assim, o pet entende quais são os comportamentos aceitáveis e inaceitáveis em diferentes ambientes.

Para pessoas que não têm muito tempo para ajudar na educação e molde da personalidade do cão, uma solução eficaz é contar com a ajuda de adestradores que são profissionais neste ramo com os animais. O mais importante é que eles trabalham com o mesmo carinho que os donos.

Para descobrir a personalidade de seu animal de estimação, o primeiro passo é observar seu comportamento no dia a dia. Dessa forma, se consegue ver qual a diferença de condutas, se boas ou ruins.

Para saber mais sobre cachorros de raça, tudo sobre o mundo dos cachorros, seu comportamento e personalidade, entre no portal Cachorros e confira muitas outras informações importantes sobre os pets.

As informações são de responsabilidade da Dino

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome