Prefeito de Paulínia é afastado do cargo; Presidente da Câmara assume poder

Foto: UOL

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (PP) e seu vice, Sandro Caprino (PRB) perderam seus mandatos após determinação do juiz eleitoral da cidade, Carlos Eduardo Martins. Na decisão, o presidente da Câmara, Du Cazellato (PSDB) foi empossado o novo prefeito temporário e foram convocadas novas eleições suplementares dentro de 90 dias. A decisão do afastamento veio do Tribunal Regional Eleitoral, que cassou os mandatos por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos de campanha durante as eleções de 2016. Os afastados entraram com recursos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e aguardam julgamento.

A defesa de Dixon protocolou anteontem uma ação cautelar no TSE para poder permanecer no cargo até o julgamento final da ação de impugnação do seu mandato. A decisão deve sair a qualquer momento e está nas mãos do relator Edson Fachin. Para Caprino, que já havia entrado com o mesmo pedido há duas semanas, Fachin negou o pedido.

O prefeito afastado é acusado de justificar o pagamento de contas de campanha com a venda simulada de um terreno on valor de R$ 1 milhão. A ação foi ajuizada pelo ex-prefeito José Pavan Junior (PSDB), que foi derrotado por Dixon no pleito de 2016, e também pelo diretório municipal do PDT. Na denúncia está descrito que havia desacordo entre o valor declarado no custeio da campanha e o que foi realmente disponibilizado.

Na época, Dixon tinha declarado patrimônio de R$ 591,5 mil, mas fez doações para si mesmo totalizando R$ 681,5 mil. O juiz eleitoral justificou que por conta da pequena diferença de votos entre Dixon e Pavan (559), a diferença nos valores das contas influenciou no resultado final do pleito.

A transferência de dinheiro acontecia do empresário Geraldo Baraldi para uma conta do pai de Dixon, Benedito Carvalho, que por sua vez repassava para o filho. Entre essas negociações está um imóvel que Dixon teria vendido para o pai.

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome