Rescaldo da chuva: limpeza deve demorar 10 dias em Campinas

0
2
Foto: Carlos Sousa Ramos / AAN

Com informações do Correio Popular
Serão pelo menos 10 dias para que Campinas volte ao normal depois da chuva de sábado.

A Prefeitura informou que, durante o final de semana e o feriado, a limpeza foi feita nas áreas mais afetadas, mas que a partir de agora, começará um mutirão para terminar a faxina em toda a cidade.

Na próxima semana, a força-tarefa será focada em obras para reparar o que foi danificado, como calçadas e muros, por exemplo.





Foto: Carlos Sousa Ramos / AAN



O gasto estimado apenas com uma semana de limpeza, entre mão de obra e maquinário, está em torno de R$ 600 mil.

O governo busca recursos para viabilizar um projeto de reforma na calha do Córrego do Serafim da Avenida Orosimbo Maia.

A quantidade excessiva de chuva que atingiu Campinas, principalmente a região Sul, somou 118,5mm entre a noite de sábado e a manhã de domingo, colocando a cidade em estado de alerta máximo.

Este termo é usado quando há várias ocorrências graves, como deslizamentos, inundações e morte.

A quantidade de chuva foi equivalente a 20 dias no mês de novembro.

Desde domingo a limpeza foi feita por 120 funcionários, com 15 máquinas e 20 caminhões nas regiões com mais estragos, como na Avenida Norte-Sul, Princesa d’Oeste, Rua Rafael Sampaio, Rua Barreto Leme e Avenida Orosimbo Maia.

Na próxima semana, as obras para reparo de calçadas, muros e pavimento deverão começar, e tanto a limpeza quanto as reformas devem abranger toda a cidade.

O trânsito só será interditado para situações em que o obstáculo esteja no meio da via.