Sedentarismo é a “doença do século” e atinge todas as faixas de idade. Veja como começar a sair dessa

0
51

Chamado também de a “doença do século”, o sedentarismo refere-se à falta ou diminuição da atividade física, gerando, assim, um gasto calórico reduzido. Uma triste realidade, é que diversas atividades do estilo de vida atual também influenciam a vida sedentária, como utilizar o carro para percorrer pequenos trajetos, uso de escadas rolantes, deixar de fazer algumas atividades domésticas, passar horas em frente ao computador, vídeogame ou a TV e não ter uma alimentação saudável.

Além do aumento de peso, o sedentarismo pode causar fraqueza muscular, dor nas articulações, aumento do colesterol, triglicerídios plasmáticos e glicose sanguínea, apneia do sono, dificuldade de respiração, diminuição da circulação do sangue, raciocínio lento, redução da densidade mineral óssea, gordura no fígado, Diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares como AVC ou infarto. Vale complementar, que também é reconhecido como o principal fator que leva ao aumento do risco de morte súbita.

Segundo pesquisas, o sedentarismo está relacionado com a obesidade, atingindo em torno de 70% da população. Antes, o que era um estilo de vida, hoje se transformou em um problema de saúde.

Uma questão que chama a atenção, é que também atinge cada vez mais as primeiras faixas etárias. Por conta disso, uma criança sedentária tem a chance de se tornar um adulto obeso e, até mesmo a magra pode passar pelas mesmas consequências geradas pelo ócio. Esses fatos acontecem porque, nos dias atuais, a maioria delas não costuma brincar com atividades que incentivam o movimento do corpo e o gasto de energia, mas sim, assistindo televisão, utilizando tablets, computadores e jogando videogame por horas.

Os adolescentes seguem a mesma linha, passando longo tempo em frente à TV, computador e celular. É válido destacar que essa geração também costuma consumir mais doces, chocolates, biscoitos e refrigerantes.

Para evitar o sedentarismo na sua vida, é fundamental praticar atividades físicas regularmente, pelo menos três vezes por semana, bem como manter uma alimentação balanceada, livre de gorduras, açúcares e industrializados. Além disso, trocar elevadores por escadas e o carro por pequenos trajetos caminhando, também é um bom conselho. Entre os exercícios indicados para combater o sedentarismo, estão a caminhada, corrida, natação, jogar bola, vôlei, basquete, pedalar ou treinar na academia. Uma recomendação antes de começar a atividade física, é fazer uma consulta ao médico e assim, poder fazer os exercícios com tranquilidade e segurança.

Você sabia que, por meio de uma atividade física regular, aliada a uma boa alimentação, a tendência é o indivíduo ficar longe do sedentarismo e, consequentemente, de doenças. É muito importante escolher algo que você goste de fazer, para o exercício não ser encarado apenas como uma obrigação, mas sim, prazeroso.

Se você busca um novo estilo de vida, que tal começar no Santa Mônica Clube de Campo? Um dos maiores clubes de campo da América Latina, o Santa Mônica possui uma imensa reserva ecológica, com mais de 72 alqueires de área. O interessante é que, além de oferecer programações de atividades culturais e sociais, o Clube disponibiliza mais de 30 atividades físicas com acompanhamento profissional.

No Santa Mônica Clube de Campo você poderá praticar natação, futebol, corrida, futsal, hidroginástica, tênis, voleibol, squash, karatê e muito mais! Que tal se tornar um Moniquense e fazer parte de um mundo de vantagens do Santa Mônica Clube de Campo?

Acesse https://www.santamonica.rec.br/ e saiba mais!

As informações são de responsabilidade da Dino

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome