Tapetes higiênicos para cães ganham opções com absorção de alto desempenho de líquidos e para cada porte de animal

0
22

Para atender a um público extremamente exigente e disposto a gastar em diversos itens, – o segmento pet é um dos que mais cresce no mundo e, em 2017, movimentou cerca de R$ 20 bilhões -, a Freudenberg Performance Materials (FPM), especialista em gerenciamento de líquidos, desenvolveu um não tecido pioneiro de dupla função – cobertura e distribuição – de alto desempenho para tapetes higiênicos de cães, conhecida como Acquisition and Distribution Layer (ADL).

Segundo Carol Vaz, co-fundadora da Dog’s Care e primeiro parceiro de mercado da FPM, “optamos por utilizar a tecnologia desenvolvida pela empresa em nossos produtos pois reconhecemos esse gargalo e demanda no mercado. Como todos os donos de cães, não gostamos que a casa fique cheirando a urina. Outro ponto importante para esse desenvolvimento foi o índice de reclamação do nosso canal de SAC. Percebemos que os consumidores reclamavam quando compravam a versão errada do tapete com uma expectativa diferente do que estávamos entregando, e geralmente tinha a ver com o porte do cachorro e o volume de líquido”.








O diferencial de inclusão da ADL nos tapetes é potencializar a absorção da urina, de maneira mais rápida e eficaz, mantendo a superfície seca.

A camada extra também é responsável por evitar os maus odores, por meio da ação fungicida e bactericida.

Outro benefício é a maior durabilidade, uma vez que a troca pode ser efetuada até semanalmente, ao contrário dos produtos convencionais, que chegam a exigir uma substituição diária.

“O ADL para tapetes foi mais um desafio de mercado que a FPM entregou de maneira 100% satisfatória. Melhorar a performance de produtos com alta tecnologia está no DNA da empresa, e temos satisfação em mencionar que o desenvolvimento e a produção são inteiramente locais”, comenta Claudia Silva, Coordenadora de Vendas. “Também foi uma preocupação da FPM pensar na aparência do tapete, uma vez que fica exposto nos lares, e de suprir um problema encontrado nas outras camadas de distribuição, quando o cão pisava após a utilização e sujava o chão”, complementa.

Os tapetes higiênicos já estão disponíveis nas principais redes de pet shop, para os três portes de cães, e custam entre R$ 59 a R$ 91.