Tribunal de Justiça de SP faz campanha para adoção de crianças com mais de 8 anos

0
218

O Tribunal de Justiça de São Paulo criou o programa Adote um Boa-Noite, com o objetivo de estimular a adução de crianças e jovens com mais de 8 anos de idade ou com algum tipo de deficiência. O programa já tem um ano e dos 56 adolescentes que participaram do programa e que não tinham nenhuma perspectiva de adoção, quatro já foram adotados por alguma família e outros 17 estão em fase de adoção. O número de interessados em adotar é bastante grande: mais de 400 pessoas demonstraram interesse e todos passam por uma avaliação prévia antes da fase de aproximação com as crianças.
Inicialmente o projeto teve a participação de jovens dos foros de Santo Amaro e Tatuapé, na capital paulista, e os resultados foram excelentes. Por isso, o programa foi ampliado para todas as varas de SP.
O site do programa conta com fotos e relatos de crianças e adolescentes que foram recolhidos por algum motivo pela justiça e que estão sem chance de adoção. Os times do Corinthians e do São Paulo estão participando do programa, levando essas crianças a jogos e eventos. Algumas delas chegam a entrar em campo com os jogadores e divulgam o programa nos telões dos estádios e nas redes sociais.
O número de crianças que aguarda adoção em todo o Brasil chega a 5 mil, sendo que há mais de 41 mil pessoas esperando para adotar. O maior problema é que grande parte dessas crianças tem mais de 7 anos e a fila de espera de famílias pretendentes é por crianças menores. A adoção de crianças com 8 anos ou mais é mais rápida. O site da campanha é www.adoteumboanoite.com.br. As informações são do TJSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome