Túnel do Tempo | A História dos Transportes na região do Ouro Verde – Parte IV

0
106
O transporte na região do hoje distrito do Ouro Verde sempre foi bastante precário, até por conta das péssimas condições do viário que levava os ônibus até os bairros. Apesar de muitos dos bairros que hoje formam o distrito serem oriundos de fundos populares de financiamento como a Cohab e o BNH, cujas moradias já vêm com uma infraestrutura mínima, como asfalto em todas as vias, as avenidas de ligação sempre foram ruins. A Avenida Ruy Rodriguez até os anos 90 ainda era de pistas simples e em condições ruins de tráfego. Apenas no Governo Jacó Bittar é que houve a duplicação de grande parte da via.
Mas voltando aos anos 70, chegar no Ouro Verde não era uma tarefa fácil. A Avenida das Amoreiras sempre foi muito ruim no trecho posterior à Vila Rica (na verdade é até hoje). A saída para a antiga Cerâmica Mingone era muito difícil de trafegar. Nesse trecho a CCTC operava uma linha, com ponto final no Jardim Santa Lúcia. Já mais para frente, a operação era totalmente da Viação Campos Elíseos.
Várias linhas de bairro continuaram a ser implantadas no velho sistema, onde a empresa fazia um requerimento à prefeitura, e após a aprovação a linha já era colocada em circulação. As próprias empresas faziam o itinerário, alguns deles em vigor até hoje.
Na segunda metade dos anos 70 a Viação Campos Elíseos começou a ser alvo de reclamações pela queda na qualidade do serviço prestado. As outras empresas que operavam na cidade em paralelo à CCTC também começaram a receber reclamações e foi aí que a Câmara de Vereadores pediu que a SETEC, que era a responsável pelo transporte em Campinas na época já que ainda não existia a Secretaria de Transportes, fizesse uma verificação sobre as condições dos ônibus que estavam em circulação e que o sistema fosse reorganizado. Na época, a EMDEC era responsável apenas pelo setor de obras da cidade, não tendo qualquer ligação com o transporte como é hoje. Após o pedido, foi publicado em Diário Oficial um relatório dos vereadores indicando que o transporte em Campinas precisaria melhorar, principalmente na região do Ouro Verde e do Campo Grande, ambos operados pela Viação Campos Elíseos.
Na próxima semana, vamos falar um pouco mais sobre a reorganização das linhas no final dos anos 70.
Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome