Uber vai dar um ano de viagens grátis

0
93

Desde que chegou ao Brasil em 2014, a Uber tem transformado o modo como as pessoas se movimentam pelos centros urbanos.

De Norte a Sul do País, em todos os estados, a tranquilidade de saber que há um carro disponível em poucos minutos pelo aplicativo, a qualquer hora e em qualquer dia da semana, mudou a maneira das pessoas se comportarem.

Com mais de 1 bilhão de viagens da Uber somente no Brasil, é possível afirmar que cada vez mais pessoas estão interessadas em ter uma alternativa ao carro particular.

É por isso que a Uber está lançando nesta quinta-feira a campanha “O peso do seu carro”.

Por meio de um teste online disponível em pesodoseucarro.com.br, é possível estimar o quanto o carro particular “pesa” na vida das pessoas.

O objetivo da campanha é ilustrar, de uma maneira leve e divertida, os gastos necessários para manter um veículo e chamar a atenção para alternativas de mobilidade como a Uber.

Para chegar ao resultado, a metodologia considera diferentes variáveis quantitativas como o valor do carro, a distância percorrida diariamente, gastos com manutenção, seguro, IPVA e combustível, e aspectos emocionais, como a preocupação em encontrar uma vaga ou ficar preso no trânsito.

Os dados sobre uso do carro particular são impressionantes. Um estudo publicado pela Fortune indicou que os carros ficam estacionados cerca de 95% do tempo.

No Brasil, uma pesquisa do Ibope mostrou que um morador da capital paulista que usa o carro com frequência fica em média 3 horas e 9 minutos por dia no trânsito.

Se estiver dirigindo, isso significa gastar mais de 47 dias por ano no trânsito, o que afeta diretamente a qualidade de vida das pessoas.

“Para avaliar a substituição de um carro particular, é importante considerar pontos além dos financeiros, como conforto, praticidade e segurança”, afirma Guilherme Telles, Diretor-Geral da Uber no Brasil. “Se a pessoa não está ao volante, ela pode usar o tempo que está no trânsito para relaxar ou trabalhar, tanto respondendo e-mails ou preparando uma apresentação quanto lendo um livro ou ouvindo música”, completa Telles.

Para as pessoas que percorrem trajetos longos, uma boa alternativa é utilizar a Uber como complemento ao transporte público.

É possível, por exemplo, fazer uma parte do trajeto de ônibus ou metrô e finalizá-lo com a Uber.

Só em São Paulo, por exemplo, quase um terço das viagens são apenas de ida, ou seja, o usuário utiliza o aplicativo para ir ou voltar de um local, combinando um Uber com outros modais de transporte.

“Nas cidades em que a Uber já está há bastante tempo, observamos que temos grandes pontos de concentrações de início e finalização de viagens em estações de metrô e terminais rodoviários”, diz o executivo.

Já imaginou andar de Uber por um ano sem pagar nada? Quem acessar o site e finalizar o teste, poderá se inscrever para concorrer a um prêmio especial: um ano de Uber grátis.

O valor corresponde a R$ 14.600,00 de crédito para ser usado em viagens pelo aplicativo em qualquer cidade do Brasil.

A promoção é válida para usuários que fizerem o cálculo e andarem de Uber pelo menos uma vez entre os dias 15 de agosto e 15 de setembro de 2018.

O anúncio do vencedor será no dia 22 de setembro e os créditos poderão ser usados por até um ano depois da divulgação.

O regulamento completo pode ser acessado em pesodoseucarro.com.br/promocao

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome