Um carro com placas de Jaguariúna tinha R$ 8 milhões em multas

0
2

Com informações do G1 São Paulo
Uma Montana foi apreendida com quase R$ 8 milhões em multas e mais de 1.500 infrações por uma equipe do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) em Moema, na Zona Sul de São Paulo.

Policiais Militares do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) estavam em patrulhamento na Alameda dos Guaramomis quando abordaram a caminhonete e identificaram que ela possui R$ 7.987.092,59 em débitos referentes a 1.559 infrações.








A maior parte das multas recebidas pelo Montana são por excesso de velocidade, desrespeito ao rodízio e transitar em faixa exclusiva de ônibus.

A picape está registrada em Jaguariúna, na região de Campinas, e é vinculado a uma empresa.

O veículo foi removido ao Pátio Presidente Wilson e poderá ir a leilão.

O valor arrecadado será descontado do total de multas e o restante da dívida permanece em nome do proprietário.

Boa parte dos débitos ocorre porque a pessoa jurídica proprietária do veículo não indicou o condutor que cometeu as infrações.

Quando isso ocorre, a legislação federal de trânsito prevê multa com o valor multiplicado pelo número de vezes que aquela mesma infração se repetiu nos últimos 12 meses.

Por exemplo: se o veículo foi multado por avançar o sinal vermelho dez vezes no último ano, será aplicada um multa por não indicação de condutor no valor de R$ 2.934,70 (que corresponde ao valor original de R$ 293,47 multiplicado por dez).